Faça do Portal Moveleiro sua página inicial Indique o Portal a um amigo Anuncie Assine o Portal Moveleiro SAC Versión en español

Assinante Portal Moveleiro: (Não sou assinante)

   

Quarta-Feira, 06 de Janeiro de 2010

ESPECIAL - Exportações brasileiras tem queda de 22,2% em relação à 2008

ESPECIAL - Exportações brasileiras tem queda de 22,2% em relação à 2008 ESPECIAL - Exportações brasileiras tem queda de 22,2% em relação à 2008

Exportações no ano somaram US$ 152,252 bilhões e importações US$ 127,637 bilhões, que resultaram numa corrente de comércio de US$ 279,889 bilhões. Superávit somou de US$ 24,615 bilhões

No ano de 2009 as exportações brasileiras registraram queda de 22,2% em relação ao desempenho de 2008, quando a média diária dos embarques nacionais chegou a US$ 782,4 milhões. As exportações de produtos das categorias a seguir, registraram queda em relação a 2008: manufaturados (-27,3%), semimanufaturados (-23,4%)  e básicos (-14,1%). Segundo dados, esta foi a maior queda da economia desde 1950.
 

Avaliação sobre a economia
 
Exportação
 
Dentre os produtos manufaturados mais exportados, somente açúcar refinado e polímeros plásticos registraram crescimento nas vendas externas em relação a 2008: 32,4% e 10%, respectivamente. Entretanto, houve queda nos embarques de produtos como:
 
veículos de carga  - 49,8%
etanol  - 43,3%
automóveis  - 33,7%
bombas e compressores    - 31,7%
óleos combustíveis  - 31,5%
 
No grupo dos semimanufaturados, as principais quedas ocorreram nas vendas de:
 
ferro fundido  -64,9%
semimanufaturados de ferro e aço  -56,2%
couros e peles  -37,6%
alumínio em bruto  -27,7%
celulose  -14,2%
açúcar em bruto cresceram  + 65,8%
 
Entre os básicos caíram os embarques de:
 
petróleo em bruto  - 31,7%
carne bovina  - 23,6%
minério de ferro  - 18,9%
carne suína  - 17,4%
carne de frango  - 16,3%
 
Na contramão, houve aumento nas vendas de:
 
fumo em folhas  + 12,9%
farelo de soja  + 6,5%
soja em grão  + 5,6%
 

(Clique para ampliar)
 
Importações
 
Em 2009, as importações acumularam retração de 25,3% ao saírem de uma média diária de US$ 683,7 milhões, em 2008, para os US$ 510,5 milhões de 2009, devido à retração nas compras de produtos de todas as categorias de uso:
 
combustíveis e lubrificantes  - 46,1%
matérias-primas e intermediários  - 27,3%
bens de capital  - 16,4%
bens de consumo  - 3,4%
 
Dezembro
 
Em dezembro, as exportações somaram US$ 13,720 bilhões (média diária de US$ 623,6 milhões), cifra 0,7% menor que a registrada no mesmo mês de 2008 (US$ 628 milhões). Em comparação com a média diária das exportações verificada em novembro de 2009 (US$ 632,7 milhões), a retração foi de 1,4%.
 
No mês, as exportações de básicos somaram US$ 4,745 bilhões. Em relação a dezembro de 2008, houve crescimento de 0,1% em:
 
minério de cobre +65,1%
carne bovina +32,7%
carne de frango +28,4%
farelo de soja  12,7%
minério de ferro 11,8%
fumo em folhas +11,3%
 
Já as vendas de semimanufaturados chegaram a US$ 1,994 bilhão, valor 28,8% maior que o registrado em dezembro de 2008. Nessa comparação, cresceram as exportações de:
 
ferro-ligas  +86,5%
açúcar em bruto +67,4%
celulose +49,6%
ouro em forma semimanufaturada +44,2%
couros e peles  +38,9%
 
As exportações de produtos manufaturados somaram US$ 6,681 bilhões, desempenho 8% menor que no mesmo mês de 2008. Os principais bens que apresentaram retração foram:
 
aviões  - 35,4%
óxidos e
hidróxidos de alumínio
 - 15,2%
motores e geradores  - 14%
calçados

 

 - 12,9%

automóveis de passageiros  - ,2%
 
Por outro lado, cresceram as vendas de produtos como:
 
polímeros plásticos  + 141,3%
laminados planos  + 59,6%
açúcar refinado  + 51,5%
autopeças  + 22,6%
 
No mesmo período, as importações chegaram a US$ 12,285 bilhões, com média diária de US$ 558,4 milhões. Esse desempenho foi 6,8% superior ao registrado em dezembro do ano passado (US$ 522,8 milhões) e 7,2% menor que o verificado em novembro de 2009, quando a média diária as importações brasileiras foi de US$ 601,9 milhões.
 
Em relação a dezembro de 2008, com exceção das importações de combustíveis e lubrificantes, que retraíram 7,5%, cresceram as compras das demais categorias de produtos: bens de consumo (+34,6%), matérias-primas e intermediários (+5,9%) e bens de capital (+1,7%).
 
Confira reportagem da Gazeta com os principas números e perspectivas de fechamento da economia no Brasil.
 
 
Acompanhe a oscilação do PIB no Brasil desde 1946 até o fechamento de 2009.
 

(Clique para ampliar)
 
Para o PIB do ano passado, o mercado piorou levemente a uma projeção de retração de 0,22 para um recuo de 0,24%. No mesmo levantamento, a estimativa para a produção industrial em 2010 foi mantida em alta de 8%. Já a previsão para o resultado final da produção industrial em 2009 segue negativa, porém, houve leve melhora, passando de um recuo de 7, 62% para uma queda de 7,58%.
 
 

Fonte: Indaíra Laureano com informações Assessoria de Comunicação Social do MDIC

  • Comentar
  • Compartilhar no Orkut
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook

Conteúdo Portal Moveleiro

Logo Portal Moveleiro
R. Lauro Linhares, 2055 - Sala 509 - Torre Flora
Florianópolis - SC - Brasil
sac@portalmoveleiro.com.br
© 2011 copyright - Portal Moveleiro +55 48 3025-5454

Portal Moveleiro nas redes sociais: Twitter Facebook Orkut